FixoMato Grosso do Sul

Violência contra mulher – Campanha internacional ganha ações em Campo Grande

Iniciativa tem como objetivo conscientizar a sociedade e traz seminários e workshops online para profissionais que atuam na linha de frente do problema.

Começa na próxima quarta-feira (25) a campanha internacional 16 Dias de Ativismo: pelo fim da violência contra mulheres. E em Campo Grande (MS) a iniciativa vai ser comandada pela Subsecretaria de Estados de Políticas Públicas para Mulheres (SSPM), que promove seminário presencial e webnários para profissionais atuantes na linha de frente da situação.

A iniciativa é realizada no Brasil desde 2003, mas acontece em mais de 160 países simultaneamente há 30 anos. O início ocorre em 25 de novembro, pois a data marca o Dia Internacional da Não Violência contra as Mulheres, e termina em 10 de dezembro, no Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Em 25 e 26 de novembro ocorre o seminário “pelo fim da violência contra a mulher”, no auditório da OAB/MS. Serão 8h de palestras por dia com temas como “transversalidade e intersetorialidade das políticas públicas do enfrentamento à violência”, “feminicídio: o ápice do ciclo de violência” e “a importância das medidas protetivas.

O público-alvo das palestras presenciais são prefeitos(as), secretários(as) municipais, gestores de políticas para mulheres, profissionais que atuam no atendimento de mulheres e meninas em situação de violência, além do público em geral.

A partir de 29 de novembro ocorrem também os webnários. O tema “as várias faces da violência contra mulher” é o primeiro dos eventos online, que trata de outros assuntos, como prevenção e enfrentamento, violência psicológica, violência política de gênero, stalking, tráfico de mulheres, e muito mais. As inscrições são abertas ao público em geral.

Quem não puder participar, mas deseja apoiar a campanha, pode acessar material gráfico para divulgação em redes sociais pelo site e usar as hashtags da campanha (#16dias #Nãosecale #SilêncioMata #MscontraViolência).

 

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo