Fixo

Prefeitura e Câmara de Aquidauana distribuirão cestas básicas para famílias carentes

Na parceria firmada entre a Prefeitura de Aquidauana e a Câmara Municipal de Aquidauana, ficou acordado que o Legislativo repassará R$ 300 mil reais divididos em 6 parcelas mensais de R$ 50 mil

Na manhã de hoje, 26, a Prefeitura de Aquidauana e a Câmara Municipal de Aquidauana lançaram o projeto “Aquidauana contra a fome”, que será executado por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, como uma ação sócioassistencial para atender as famílias em situação de vulnerabilidade com cestas básicas com alimentos, hortaliças e frango.

O ato de lançamento aconteceu com a presença do prefeito Odilon Ribeiro, da primeira-dama Maria Eliza, dos vereadores Wezer Lucarelli (presidente do legislativo), Humberto Torres, Reinaldo Kastanha, Sebastiãozinho do Taboco, Anderson Meireles, Éverton Romero, Nilson Pontim, Clériton Alvarenga, Marcos Gomes e Valter Neves e dos secretários municipais Marcos Chaves (Assistência Social), Archibald Mac (Obras), Wilsandra Béda (Educação) e Welington Moresco (Esporte).

Na parceria firmada entre a Prefeitura de Aquidauana e a Câmara Municipal de Aquidauana, ficou acordado que o Legislativo repassará R$ 300 mil reais divididos em 6 parcelas mensais de R$ 50 mil e a SAS por meio do Fundo Municipal de Assistência Social aplicará R$ 50 mil reais mensais para aquisição das cestas básicas, com alimentos e frango, para atender 578 famílias em situação de vulnerabilidade social, durante seis meses.

Além disso, conforme explicou o prefeito Odilon Ribeiro, com o objetivo de inserir também alimentos saudáveis para as famílias, ele solicitou que a Secretaria Municipal de Assistência Social, montasse uma horta no Núcleo de Geração de Renda para produção de hortaliças que serão entregues junto com as cestas básicas do projeto “Aquidauana contra a fome”.

O presidente da câmara, Wezer Lucarelli pontuou que a decisão de compra das cestas básicas foi conjunta entre todos os vereadores, para contribuir com as políticas públicas de atendimento às famílias em vulnerabilidade.

Nós tomamos parte na gestão da cidade, como atores principais junto com o prefeito Odilon. Os problemas da cidade e da gestão não são só do prefeito, mas são da câmara também. A Câmara Municipal está aberta para participar na gestão da cidade, para discutir e assumir os problemas junto com o prefeito, para ajudar a construir esse governo e melhorar a cidade. Em breve, estaremos destinando recursos para compra de ambulância e para montar mais uma fábrica de lajotas e pavimentar a nossa cidade”, afirmou o vereador Wezer Lucarelli.

Em sua fala, o prefeito Odilon agradeceu a todos os vereadores pela parceria e ação em prol da cidade e das famílias mais carentes. “As demandas dos bairros e reclamações caem em vocês, vereadores. Vocês poderiam usar o recurso para atender outras demandas, mas, vocês estão confiando na gestão, ajudando a levar comida para quem mais precisa e num momento tão difícil como essa pandemia. Essa parceria com o legislativo é de extrema importância e traz resultados positivos para a cidade e, agora, dentro das casas das famílias com comida na mesa”, destacou o prefeito Odilon.

O secretário municipal de Assistência Social, Marcos Chaves, ao fazer uso da palavra, agradeceu ao trabalho dos servidores que em equipe montaram todas as cestas, preparam as hortaliças e ovos para entrega. O secretário da SAS também agradeceu a parceria dos vereadores ao destinarem os recursos para aquisição das cestas.

“Aquidauana contra a fome não é apenas uma ação socioassistencial, é uma ação de humanidade, de respeito e de solidariedade dos Poderes Legislativo e Executivo para ajudar quem mais precisa, pra levar comida na mesa das famílias”, completou o secretário.

COMO FAZ PARA SER ATENDIDO COM CESTA? – 1º Passo: Entre em contato com a Central de Atendimento da Assistência Social de Aquidauana pelo telefone: 67-99288-1564, que aceita mensagens de whatsapp e ligações, inclusive, a cobrar. Horário de atendimento da central: 2ª a 6ª feiras, das 7h às 17h.

2º Passo: A assistente social da prefeitura fará uma visita na sua residência; 3º Passo: Verificada a vulnerabilidade, é feito o cadastro e a família será atendida imediatamente com a cesta básica.

Cada família pode ser atendida mais de uma vez com a cesta básica, desde que seja atestada a necessidade novamente de outra cesta, após a visita da assistente social.

Após cada atendimento, a equipe da assistência social fará uma nova visita para fazer o devido acompanhamento da família.

 

 

Fonte: Agecom.

Redação Gdsnews.

 

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo