BrasilDestaquesEsporteNotícias

Jogador que agrediu árbitro durante partida em Venâncio Aires é solto, diz TJ-RS

O jogador de futebol William Cavalheiro Ribeiro foi solto no início da noite desta terça-feira (5), conforme o plantão do Fórum de Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

O atleta foi preso em flagrante a noite de segunda (4), por suspeita de tentativa de homicídio após agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro durante uma partida válida entre São Paulo de Rio Grande, pelo qual atuava, e Guarani, pela Série A2 do Campeonato Gaúcho.

A juíza Cristina Margarete Junqueira não concedeu a prisão preventiva do atleta por entender que “se trata de medida de exceção e não antecipação de pena, devendo ser concedida quando devidamente evidenciada sua necessidade”. Segundo ela, “o acusado é primário, com domicílio certo e nada veio ao processo a demonstrar que solto prejudicará a instrução processual”.

Portanto, concedeu a liberdade provisória, mediante comparecimento a todos os atos do processo.

A defesa de William Ribeiro. Na manhã desta terça, Crivellaro recebeu alta hospitalar.

O fato ocorreu aos 14 minutos segundo tempo, após não ser marcada uma falta. O jogador reclama com o árbitro, que assinala a infração dele.

William agride Crivellaro. Quando o árbitro está caído no gramado, ele volta a sofrer um chute. O juiz fica imóvel após sofrer a agressão. Jogadores das duas equipes chamam atendimento médico. A partida foi suspensa e concluída nesta terça.

“Ele desferiu um golpe muito forte, violento, na cabeça do árbitro fazendo com que ele desfalecesse e fosse encaminhado ao hospital”, diz.
A Federação Gaúcha de Futebol lamentou a agressão e desejou pronta recuperação ao árbitro. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) afirmou que irá averiguar os fatos e tratar das respectivas sanções.

O São Paulo de Rio Grande se manifestou lamentando o ocorrido, e informou, em nota, que rescindiu o contrato com William.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo