NotíciasTecnologia

Importados precisam de homologação da Anatel? E quanto custa?

Comprar dispositivos eletrônicos da China pode acabar sendo uma excelente opção para ter os últimos lançamentos por um preço bem mais acessível, porém é importante lembrar que em alguns casos pode ser necessário fazer a homologação pela Anatel.

A Anatel, Agência Nacional de Telefonia, é responsável por regulamentar o uso de dispositivos eletrônicos e é preciso o selo da empresa para que o seu celular ou tablet possa ser utilizado livremente aqui no Brasil.

Os importados também devem seguir os padrões de qualidade e segurança dessa regulamentação, por isso é comum muitos aparelhos comprados de fora serem retidos e enviados para avaliação.

Homologação da Anatel é para todos os importados?

Não. Nem todas as marcas são retidas, algumas já possuem a homologação de órgãos equivalentes em seu país de origem. Entre elas:

  • Xiaomi
  • Huawei
  • Google
  • OnePlus
  • Asus
  • Vivo
  • Meizu
  • ZTE
  • Pocophone
  • HTC
  • Nubia
  • Honor

Se quiser saber se um dispositivo ou marca é homologado pela empresa, pode consultar nesse link.

E como fazer a homologação?

Para eletrônicos de outras marcas, será necessário fazer a homologação junto à Anatel. O celular, smartphone ou roteador ficará retido na alfandega e o usuário deverá pagar uma taxa de R$ 200 para os de uso pessoal, ou R$ 500, para os dispositivos com fins comerciais.

Esse valor será somado também em até 60% de imposto cobrado pela Receita Federal e ao valor de Despacho Postal, cobrado pelos correios.

É importante ressaltar, também, que para evitar possíveis problemas e imprevistos com a sua encomenda da China ou de qualquer outro site internacional, é importante comprar sempre de sites de confiança, tais como o AliExpress, Banggood e a Gearbest.

Inclusive, você pode aproveitar a Black Friday chinesa, que acontece agora no dia 11 de novembro e já importar o seu celular ou tablet com segurança!

Agora que você já sabe como as coisas são, veja alguns dos produtos masi buscados pelos brasileiros na hora de importar da China:

  • Xiaomi Redmi Note 7 Pro
  • Xiaomi Mi Band 4
  • Xiaomi Redmi AirDots
  • Fone de ouvido totalmente sem fio Alfawise
  • Xiaomi Amazfit Bip
  • Xiaomi Amazfit Pace
  • Blitzwolf BW-FYE5, fone totalmente sem fio
  • Fone de ouvido baratinho da Xiaomi
  • Drone muito barato da Eachine

Fonte: Tec Mundo

Mostrar Mais

Editor GDS

ultrawebtecnologia

Relacionados

Close
Close