DestaquesGeral

Advogado empresta carro e é suspeito de participar de assalto a restaurante em MS; um está preso

Polícia conseguiu localizar o paradeiro do veículo após rastrear o aparelho de uma das vítimas. Caso é investigado pela Derf.

Um advogado de 30 anos é suspeito de participar do assalto a um restaurante na rua do Seminário, quase esquina com a avenida Mascarenhas de Moraes, na noite desse domingo (10), em Campo Grande. Além de emprestar o carro, ele também participou da abordagem a mão armada. Com as buscas, a Polícia Militar (PM) conseguiu prender, nesta manhã (11), um dos envolvidos no crime, que é um jovem de 21 anos.

De acordo com o registro da ocorrência, os bandidos entraram a pé e anunciaram o roubo. A vítima, uma mulher de 57 anos, disse que visualizou a arma na mão de um deles e também repassou as características. Na saída, entraram em um carro branco, cuja placa foi repassada para a investigação.

Por volta das 5h30 (de MS), equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BpChoque) passou a fazer buscas e apontou ao menos 4 envolvidos no crime, sendo que um dos celulares da vítima foi rastreado e apontou um endereço no bairro Bom Retiro, região norte da cidade. Na sequência, o carro dos bandidos foi encontrado, porém, estava sem ninguém e com as portas trancadas. Os policiais fizeram uma vistoria, mas, também não acharam nada das vítimas do restaurante.

Uma testemunha apontou que os suspeitos ficaram pouco tempo no local, sendo um deles “o advogado”. Os policiais continuaram com as buscas e encontraram uma pessoa em atitude suspeita. Questionado, o jovem estava com R$ 70 e foi reconhecido pela vítima. Ele então confessou o crime e disse que “assumiu a posição de motorista” na ação criminosa.

Já os outros objetos da proprietária do restaurante estariam com os outros envolvidos, segundo o suspeito preso. O carro foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Repressão à Roubos e Furtos (Derf), onde foi instaurado o inquérito. Conforme a PM, o veículo está registrado em nome do advogado, que já atuou no Fórum e seria usuário de drogas.

Fonte: G1

Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close