Fixo

Três adolescentes são apreendidas por suspeita de assassinarem mulher de 55 anos em aldeia indígena de MS

Segundo a Polícia Civil, as adolescentes de 16 e 17 anos estavam bebendo com a vítima antes de matá-la com socos, chutes e estrangulamento. Motivação do crime não foi divulgada pela polícia.

Três adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, foram apreendidas pela Polícia Civil neste domingo (4), na Aldeia Bororo, em Dourados, a 229 quilômetros de Campo Grande, por suspeita de assassinarem uma mulher de 55 anos. O crime teria ocorrido na noite deste domingo (3).

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi identificada como a indígena Rosália Anastácio Ferreira. Ela teria sido morta com vários chutes, socos e estrangulamento pelas três adolescentes, que também são indígenas. Ainda de acordo com a polícia, as quatro estavam bebendo juntas pouco antes do crime.

As suspeitas foram apreendidas e levadas à delegacia pelo crime de homicídio. Uma delas teria confessado o assassinato. Todas foram encaminhadas para a Unidade Educacional de Internação (Unei) Feminina de Dourados. A motivação do crime não foi divulgada pela Polícia Civil e o crime seguirá sendo investigado.

Fonte: G1 MS

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar