DestaquesEsporteFutebolMato Grosso do Sul

Polícia Militar aponta várias irregularidades e mantém Morenão fechado

Apesar disso Cezário disse que irregularidades são fáceis de serem solucionadas. Nova vistoria deve ser feita na segunda

O Estádio Morenão ainda não recebeu o aval da Polícia Militar para receber jogos do Campeonato Estadual. Em vistoria nesta quarta-feira (15), entre as irregularidades encontradas, estavam à falta de condições do vestiário dos árbitros e da sala que será ocupada pela PM e ainda entulhos nas obras de revitalização das rampas de acesso.

 

A vistoria foi chefiada pelo tenente-coronel Gidevaldo de Souza Lima, que apontou os problemas que impedem a emissão do laudo e precisam ser resolvidos antes de uma próxima visita. Segundo ele, a sala da PM está completamente ocupada por lixeiras. Além das correções, o laudo só poderá ser emitido após o recebimento dos laudos de Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros, ainda não entregues.

 

A situação, porém, parece não preocupar o presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), Francisco Cezário. Ele afirmou que são impedimentos fáceis de serem solucionados a tempo de nova vistoria. “Os laudos de Vigilância Sanitária e do CREA estão em mãos e no início da próxima semana teremos novas vistorias e a emissão dos laudos da PM e dos Bombeiros. No máximo quarta-feira encaminharemos os documentos ao Ministério Público”, explica. O MPE é o responsável para autorizar ou não o uso do estádio.

 

O Campeonato Estadual começa na próxima quarta (22), mas os primeiros jogos previstos no local acontecem nos dias 1º de fevereiro, sábado, com Comercial e Águia Negra e dia 2, domingo, jogam Operário e Pontaporanense.

 

Fonte Gazeta MS.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios