NotíciasTecnologia

Pesquisa revela que técnica de brainstorming pode ser furada

Uma pesquisa encomendada pela empresa holandesa de compartilhamento de arquivos, WeTransfer, revelou que o brainstorming não é tão eficaz como se pensava na hora de desenvolver os processos criativos dos indivíduos. O brainstormng, ou tempestade de ideias, é uma técnica usada para potencializar a capacidade de criação das pessoas, geralmente realizada em equipe.

 estudo foi feito com 20 mil participantes de 197 países, que dependem essencialmente de sua criatividade em suas atividades profissionais, como músicos, escritores, fotógrafos, criadores de podcasts, entre outros. A maioria deles afirmou que o brainstorming é praticamente inútil quando há a necessidade de solucionar um desafio de forma criativa.
Fonte: Pixabay/Reprodução

Se isolar é importante para a criatividade

Rob Alderson, ex-editor chefe da WeTransfer, observou que há um pensamento comum de que a criatividade é melhor trabalhada quando há a colaboração entre vários membros de uma equipe. “Isso pode funcionar bem na hora de gerar novas ideias, mas não para moldá-las primordialmente”, disse Alderson. Para ele, pessoas isoladas, com o tempo e o espaço adequados, estarão muito mais propensas a ter ideias criativas de qualidade.

Reuniões de trabalho não são tão eficazes

Muitas vezes, reuniões são convocadas para que as pessoas tenham ideias a fim de solucionar determinado desafio. O problema é que essas reuniões não dão tempo para os participantes arquitetarem seus próprios pensamentos.

Alex Osborn, executivo publicitário que popularizou o brainstorming, ressaltava os benefícios da solidão e do isolamento das distrações para o processo criativo das pessoas. A imaginação individual é indispensável.

A pesquisa da WeTransfer sugere que as reuniões obrigatórias são o maior bloqueio da criatividade, de acordo com o que foi relatado por 42% dos entrevistados. A obrigação do trabalho, adicionada às tarefas administrativas exigidas, agem como uma barreira para o desenvolvimento de ideias.

Esse número é bastante preocupante se considerarmos os segmentos profissionais dos participantes do estudo, cujas carreiras podem ser impulsionadas ou abaladas, mediante sua capacidade de criação.

De qualquer forma, se o brainstorming não resulta, necessariamente, em boas ideias, um estudo da Universidade de Illinois do Norte destaca a importância da técnica para fortalecer as relações entre os integrantes de uma equipe.

Fonte: Tec Mundo

Mostrar Mais

Editor GDS

ultrawebtecnologia

Relacionados

Close
Close