Abuso de PoderAção CriminosaBrasilFixoJustiça

Ministério Publico acredita em ligação da ‘rachadinha’ com imóvel de Flávio no Rio

Foram dois anos de investigação sobre supostos desvios da remuneração da equipe de Flávio em prol dele próprio e da mulher, a dentista Fernanda Antunes Figueira Bolsonaro, e outros envolvidos.

Salários de ex-funcionários do antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) podem ter sido utilizados, através do esquema de “rachadinha”, na aquisição de um apartamento na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da capital fluminense, que o parlamentar diz ter vendido para dar entrada na compra de sua nova casa, uma mansão de R$ 6 milhões no Lago Sul, bairro nobre de Brasília.

MP do Rio defende foro especial para Flávio Bolsonaro no caso Queiroz -  Jornal O Globo

As suspeitas referentes à aquisição do imóvel no Rio, em 2014, foram levantadas pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) na denúncia contra Flávio e outras 15 pessoas, oferecida em outubro do ano passado à Justiça. Foram dois anos de investigação sobre supostos desvios da remuneração da equipe de Flávio em prol dele próprio e da mulher, a dentista Fernanda Antunes Figueira Bolsonaro, e outros envolvidos.

Ministério Público nega ter denunciado Flávio Bolsonaro e Queiroz |  Congresso em Foco

Fonte O Extra.

Redação Gdsnews.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar