Fixo

Março de 2021: Teve o maior número de mortes, o segundo maior de casos e o recorde de internações pela Covid em MS

O pesquisador da Fiocruz, Diego Xavier, pondera: 'se as medidas forem abrandas e se as pessoas não respeitarem, abril será muito pior que março'.

Março de 2021 teve o maior número de mortes, o segundo maior de casos e o recorde de internações pela Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os dados apontam que ao longo dos últimos 31 dias, 975 pessoas morreram pela Covid-19 e mais de 34 mil foram infectadas pelo vírus.

Em março de 2020, o estado registrava a primeira morte por Covid-19. Dezembro do ano passado tinha se mostrado como o mês mais letal, com 587 mortes em decorrência do vírus. Março desbancou o pódio, evidenciando o maior número de óbitos pela Covid-19, totalizando 975 mortes.

Com o final de março, o mês se tornou o segundo mais infeccioso, 34.070 pessoas foram contaminadas pela Covid-19. O maior número em um mês foi registrado em dezembro de 2020, com 34.700.

Hospitalizados por Covid-19

 

No mês que se passou, os dados informados pela secretaria estadual de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul evidencia o aumento tangencial no número de óbitos pela Covid-19 e a espera em filas por leitos clínicos ou de UTI para o tratamento do vírus.

Os número divulgados pelo Sistema Mais Saúde, plataforma do Governo do estado, mostrou ao longo de março a superlotação em vários hospitais de Mato Grosso do Sul. Nesta quinta-feira (1º), a taxa de ocupação nas UTIs Covid-19 está em 102%.

Fonte: G1 MS

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar