AgronegóciosDestaquesMato Grosso do Sul

Com um quarto da área colhida e mesmo com geada, SIGA mantém 10,1 milhões de toneladas para safrinha em MS

Técnicos apontam que estimativas feitas anteriormente neste patamar já levavam em conta eventuais efeitos de geadas.

Até sexta-feira passada (12), os produtores de Mato Grosso do Sul já haviam colhido o milho segunda safra, também chamada de safrinha ou safra de inverno, de 435,386 mil hectares. Isso representa 22,7%, ou quase um quarto, dos 1,918 milhão de hectares cultivados com o cereal nesta temporada, segundo dados da mais recente circular do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e Federação de Agricultura e Pecuária (Sistema Famasul).

O SIGA aponta que a colheita está mais avançada no norte do estado, com a média de 28,8% do total. Nessa área, produtores de Chapadão do Sul, inclusive, já superaram a marca dos 35%. Depois, vem o centro do estado, com 23,4% das lavouras colhidas e, por fim, o sul, com 21,5% de média.

O levantamento do SIGA aponta que mesmo com a ocorrência de geadas nos dias 6, 7 e 8 de julho, se mantém a expectativa de uma safrinha recorde de milho, 10,127 milhões de toneladas. Na circular, técnicos da entidade apontam que a ocorrência do fenômeno era esperada e que a projeção de produção do grão feita anteriormente nesse mesmo patamar, já era mais conservadora, considerando que o evento climático poderia reduzir a produtividade do milho.

O SIGA atribui esse aumento ao incremento da área cultivada de 5,73%, com a extensão das lavouras passando de 1,814 milhão de hectares, da safrinha anterior para 1,918 milhão de hectares, na atual e um salto de 25.4% na produtividade, que deve subir de 70,13 sacas por hectare para 88 sacas por hectare.

Segundo dados da Granos Corretora, até o dia 8 de julho, os produtores do estado haviam comercializado antecipadamente 40,32% da safrinha, um percentual seis pontos percentuais acima dos 33,57% do mesmo período do ano passado.

Fonte: G1 MS
Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close