Destaques

Avó forja sequestro de neto para extorquir dinheiro do filho e é presa em MS

De acordo com a Polícia Civil, mulher de 44 anos cuidava de neto quando forjou sequestro e pediu resgate de R$ 59 mil ao pai da criança. Homem acionou a polícia, que descobriu se tratar de um golpe.

Uma mulher de 44 anos foi presa em Ponta Porã, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, após forjar o sequestro dela e do neto de 5 meses e tentar extorquir o próprio filho ao pedir o dinheiro do resgate.

De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na tarde desta quarta-feira (23), quando o pai da criança teria recebido uma mensagem de um número de telefone paraguaio, com a foto do filho dele e pedindo uma quantia em dinheiro pela devolução da criança. Logo em seguida, o homem ligou para o número paraguaio, onde a mãe dele foi supostamente colocada para falar e provar a veracidade do sequestro, dizendo que ela e o neto haviam sido levados.

O pai da criança foi até a residência da mãe para procurar os familiares, mas não encontrou ninguém. Os supostos assaltantes pediam R$ 59 mil pelo resgate e disseram para o homem não envolver a polícia. No início da noite, a Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro (Garras) foi acionada e, com base nas informações colhidas, conseguiram identificar que a avó da criança estava forjando o sequestro.

No momento e local marcado para o pagamento do resgate, já nesta quinta-feira (24), os policiais civis abordaram o táxi onde a avó da criança estava e foram comunicados pelo taxista que uma criança havia sido deixada em uma loja no centro da cidade. No local, os policiais encontraram a criança com a nora da suspeita, que disse não saber do sequestro, afirmando que a sogra tinha pedido que ela cuidasse da criança enquanto ia realizar um pagamento.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar