Campo GrandeDestaquesInfraestrutura.

Após notificação da prefeitura, Consórcio Guaicurus entrega 20 novos ônibus

Até o final de novembro deste ano, 176 novos ônibus terão sido entregues.

Após ser notificado pela Prefeitura de Campo Grande, o Consórcio Guaicurus, responsável pelo transporte coletivo na Capital, entregou 20 novos ônibus na tarde desta quarta-feira (22). Até o final de novembro deste ano, 176 novos ônibus terão sido entregues.

 

O evento de entrega foi realizado na Cidade do Natal e contou com a presença do prefeito Marquinhos Trad, do diretor-presidente do Consórcio Guaicurus, João Resende, e vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande. O prefeito Marquinhos Trad destacou todo o empenho que vem sido feito pelo corpo administrativo municipal, visando uma maior qualidade no serviço de transporte prestado à população. “Em dois anos e oito meses, nós conseguimos trazer 176 novos ônibus para Campo Grande. Com isso, nós renovamos um terço da frota do transporte coletivo. Nossa cidade conta hoje com 100% de acessibilidade no transporte coletivo. É um esforço que vem sendo feito todos os dias pelo executivo, pelo legislativo e também pelo Consórcio Guaicurus”, disse o prefeito.

 

O diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, destacou o benefício de se renovar a frota de veículos do transporte coletivo. “Aqui nesse momento, foram entregues 20 novos ônibus. Até o fim de novembro, serão mais 35, totalizando 176 veículos entregues desde 2017. Renovar nossa frota, mantendo ela sempre nova, é um benefício para nossa cidade e para o sistema de transporte coletivo urbano”, detalhou Janine.

 

Presidente da Comissão de Transporte e Trânsito da Câmara Municipal, o vereador Júnior Longo parabenizou o prefeito pelo trabalho realizado enquanto gestor municipal. “Quero aqui ressaltar por meio dos números apresentados pelo Janine, que nossa frota, de mais de 500 ônibus, foi um terço renovada desde que o prefeito Marquinhos Trad assumiu o poder municipal. Essa é uma administração preocupada com o transporte público, trazendo modernização e investimentos para esse meio”, falou o vereador.

 

O diretor-presidente do Consórcio Guaicurus, João Resende, ressaltou a importância para o transporte coletivo das obras de infraestrutura feitas pela Prefeitura. “Esse é um momento bastante importante da administração pública. Com o Reviva Campo Grande, os corredores de ônibus e tantas outras ações, nossa cidade está um verdadeiro canteiro de obras. Isso garante que essa parceria, que é contratual, seja cumprida de forma que atenda às necessidades da população”, frisou João Resende

 

“Eu era cobrador de ônibus na época que o prefeito Marquinhos Trad pegava ônibus para ir até a escola. Naquela época, os ônibus eram todos precários. Hoje, é uma realidade totalmente diferente. Houve uma melhora muito significativa no transporte público de Campo Grande. A modernidade está aí com esses veículos novos”, disse o aposentado Wilson Manoel Pereira, 66 anos.

 

Notificação

 

No dia 24 de março de 2017, a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos instaurou o processo fiscalizatório Nº 23265/2017-52, para acompanhar e fiscalizar o cumprimento do edital de concorrência de Nº 082/2012, em relação à idade média da frota.

 

Durante o processo, a Agereg apurou o descumprimento do capítulo 4, que determina a idade média da frota, de cinco anos. Em abril de 2019, esta idade média foi avaliada em 6,76 anos, descumprindo o contrato feito entre as partes. O Edital de Concorrência n. 082/2012 em seu Termo de Referência – Capítulo 4 – Especificação da Frota, prescreve que durante a vigência da concessão, a idade útil máxima será de 15 anos para veículos da categoria articulado; para demais categorias, 10 anos; e que a idade média da frota deverá ser de até cinco anos.

 

 

Fonte Portal de Notícias PMCG.

Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close